JCast

Cultura pop japonesa, só que diferente.

RSS 0 0
0:00
Loading

JCast #190

Updated 8 months ago.

Já começamos a ver as primeiras decorações natalinas, indicando que 2017 se vai como um ano totalmente sem personalidade. Assim como Kingsman: The Golden Circle, esse ano é apenas uma sequência que mostra as mesmas coisas que seu predecessor (2016 nesse caso) só que maiores, mais barulhentas e exageradas. Nada que tenha acontecido esse ano foi original ou inesperado; Um grande 2016.2 que vai embora deixando um bafo indistinto de ordinariedade. O que isso quer dizer? Assim como a ideologia de politicos populistas, esse raciocínio não quer dizer absolutamente nada e não possui nenhum tipo de aplicabilidade prática. Serve só pra direcionar conversas depressivas pós-maconha. Ou texto de introdução do Jcast naquele episódio intenso que coloca o dedo na ferida. E agora entramos no mundo do clickbait. Baixe nosso mais recente episódio e você vai pirar com as revelações que te aguardam.

Antes de desafiar sua percepção de mundo e mudar todos os paradigmas da existência, preste atenção aos avisos:

- A Criada é um filme coreano, portanto está na moda
- Eu sou da época do Jpop
- Não entendemos como o kpop pode ter dominado a preferencia da juventude
- Pode ser meio genérico as vezes
- Mas eu amo o GDragon
- A Criada faz parte da obsessão que seu diretor tem por histórias de vingança
- E talvez pornô lésbico
- É tão mais que isso, mas a piada é fácil
- Japoneses sempre são meio vilões em produções de época produzidas por não-japoneses
- Sim, tem japoneses nesse filme, em teoria
- É basicamente Jpop v Kpop
- Não é nada disso, em absoluto
- Não se pode dar muitos detalhes sobre esse filme
- É útil saber de antemão que tesoura não é a posição favorita das lésbicas
- Não somos lésbicas mas tivemos consultoria
- Acesse esse link (https://www.youtube.com/watch?v=h37sCiM2--0) e tire você mesmo suas conclusões
- Dá vontade, né @Brokeback?
- Vale a pena maratonar cinema coreano
- Explore novos pontos de vista
- Eu vi um filme russo que foi distribuido no Brasil apenas com dublagem em inglês
- Foi a pior dublagem que eu já ouvi na minha vida
- O estúdio talvez tenha considerado o idioma Russo muito intenso pro confuso público nacional
- Não se assustem com o coreano
- Não vocês, kpoppers, eu estou tendo uma rápida palavrinha com os descrentes
- O filme não foi financiado pela Coréia do Norte
- Toda uma Coréia desperdiçada. Eles bem que podiam devolver
- Assistam ao filme antes do podcast. Ok, temos todo um bloco sem spoilers, mas desafie a si mesmo
- Emails serão bem vindos em alojcast@gmail.com

Download

Comments